• Facebook - Black Circle
  • Blogger - Black Circle

Designer de Interiores | Decoração de Interiores | Flavia Leite | Atibaia | SP | E-mail: decorflavia@yahoo.com.br  | WhatsApp: (11) 98548-9215 | Telefone: (11) 4416-1761

October 23, 2016

November 30, 2015

Please reload

Posts Recentes

Mais cor, por favor

October 23, 2016

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Plantas dentro de casa

February 7, 2011

Um simples arranjo de flores transforma o estilo e o humor de qualquer ambiente, além do que, plantas melhoram a qualidade do ar, deixam a temperatura interna das casas mais amena em dias quentes e o seu cultivo pode funcionar como uma terapia. É importante escolher a planta certa de acordo com os móveis a fim de completar a decoração, plantas bem escolhidas podem levar nosso olhar a um pedaço particular de um móvel ou a um grupo de objetos, coordenando cores e texturas.

Cultivar plantas é uma atividade simples, mas fique atento, plantas precisam de luz, não dá para deixar uma planta no hall do elevador, por exemplo, onde ela só recebe luz artificial e ainda por cima de vez em quando.

Muitas pessoas acham que as plantas de interior duram para sempre, muitas delas são cultivadas em estufas ou importadas de climas diferentes, sinal que em nossas casas não vão durar por muito tempo, a saída é acertar na escolha da espécie, se informe sobre a sua escolha para não se frustrar depois, não se deixe levar por impulsos em passeios e floriculturas.

 

 

Vasos X Plantas

 

Plantas ousadas e de grande porte precisam de espaço para destacar sua forma escultural, use vasos neutros, uma única planta de forma interessante é o bastante para ser o foco das atenções, escolha bem o local, porque depois de instalado não será fácil mover esse vaso. Para vasos grandes, escolha plantas de crescimento lento, em contrapartida, plantas menores podem cobrir as paredes do vaso (forrações). Evite plantas grandes em vasos com base estreita, pois dá a sensação de tombamento, já em vasos de base larga dão a sensação de estabilidade. Para vasos altos e esguios, o ideal é ter plantas 2 vezes maiores que o vaso ou então use plantas com folhas largas e volumosas que não ultrapassem o vaso em metade da altura.

 

Detalhes fazem a diferença

A adição de musgos ou alguma forração pode dar ao arranjo mais vida além de contribuir para manter a umidade que uma planta precisa. O Ideal é montar um conjunto harmonioso entre o vaso, a planta principal e a forração, para vasos grandes com  palmeiras use bromélias para preencher o volume vazio deixado no pé da palmeira, atenção para que as plantas colocadas como forração necessitem dos mesmos elementos (sol, umidade, etc...) que a planta principal.

 

Os rodízios são suportes que podem ser de madeira, alumínio, ferro ou material reciclado, sobre os quais os vasos são apoiados e possibilitam a movimentação de vasos, entre o rodízio e o vaso use pratos para coletar a água excedente da irrigação, alguns modelos de vasos já vem com os rodízios embutidos. 

 

Algumas opções de plantas para ambientes internos são as orquídeas, indicadas para quem gosta de flores e tem pouco tempo para a jardinagem, as mais fáceis de cuidar e populares são a Phalaenopsis, a chuva-de-ouro e a Cattleya que apresentam duas florações anuais e devem ficar em áreas sombreadas, longe de vento, outras opções são: pleomele verde (família da dracena), lírio gigante também são boas opções, a yucca e o asplenio precisam de luz natural, não necessariamente do sol.

 

Jardins verticais

Cada vez mais vemos hoje os jardins verticais, lindíssimos diga-se de passagem, nas paredes verdes não é necessário se preocupar com a manutenção da pintura, a natureza se encarrega dos tons e nuances para encantar quem por ali passa.

 

Bourle Marx na década de 70 já usou esse recurso em projetos para a Xerox do Brasil e no Parque Central, em Caracas – Venezuela.

 

Na hora de optar por um jardim vertical verifique se o local reúne as condições ideais para a implantação do projeto, escolha locais com boa iluminação natural, preveja um sistema de irrigação adequado, que permita manter a umidade das plantas do jardim, um jardim vertical exige um elevado nível de atenção, que não quer dizer que exija muita manutenção, se o projeto for bem concebido a manutenção será mínima, algumas boas alternativas de plantas são: philodendros, peperômias, bromélias, samambaias, orquídeas e Aeschynanthus e contrate um bom profissional, seu risco de errar será muito menor.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags